notícias Candidaturas da Militância Socialista(MS) na Bahia tem perfil jovem, classista e combativo!

Candidaturas da Militância Socialista(MS) na Bahia tem perfil jovem, classista e combativo!

 

A Militância Socialista(MS) na Bahia apresenta nesse processo eleitoral 3 candidaturas jovens, militantes e com a perspectiva de construção de mandatos populares pelo Estado, fazendo o debate sincero e honesto com o povo para a renovação das câmaras de vereadores que se tornaram espaços de corrupção, da “pequena” política, do “toma lá da cá” e da malandragem. A partir dos princípios da ética socialista, solidariedade e compromisso, contamos com o seu apoio nesses dias de campanha.

 

Mônica Leone 13333

 

Mônica Leone é candidata a vereadora em Urandi, sudoeste do Estado, Território Sertão Produtivo. Ela é uma jovem mulher negra, socialista, Agente Comunitária de Saúde, formada em Pedagogia na Universidade do Estado da Bahia(UNEB) e nesse processo eleitoral fará o debate da participação da mulher trabalhadora e jovem na política. Mônica Leone mora e trabalha na zona rural do município e conhece muito bem a realidade do povo trabalhador e sabe que somente a participação política do pobre é capaz de libertá-lo das amarras do voto de cabresto, dos corruptos e dos políticos “de sempre”.

 

Felipe Bruno 13132

 

Felipe Bruno é candidato a vereador em Palmas de Monte Alto, sudoeste do estado, Território Sertão Produtivo. Jovem estudante de Psicologia e trabalhador, ele é militante do Coletivo O Estopim – Coletivo Nacional de Juventude. Felipe Bruno tem experiência nos movimentos sociais de juventude e ambiental, tendo participado em Salvador das grandes manifestações de junho de 2013. O mandato popular proposto por Felipe é orientado pela necessidade da participação do povo na política, sobretudo os jovens, além de servir como instrumento coletivo de apoio para as lutas sociais.

 

Eduardo Almeida 13132

 

Eduardo Almeida é um jovem candidato a vereador em Irecê, Território de Irecê, região Centro-Norte do estado. Servidor Público Municipal e Presidente do Sindicato da categoria (licenciado), ele é estudante de Pedagogia e militante do Coletivo O Estopim. Eduardo Almeida é vice-presidente do PT no município e foi fundamental na articulação para a composição de um campo de esquerda contra os desmandos da direita local. Eduardo é parceiro forte dos movimentos populares, sempre presente nas lutas em Irecê, Salvador e Brasília, impulsiona o projeto de um mandato popular referenciado nas bases e priorizando jovens, mulheres, trabalhadores do campo e da cidade.

Top